Você ligado na notícia

Domingo, 21 de abril de 2024
informe o texto

Notícias Cidades

Em Água Boa

Marido leva 14 facadas após agredir esposa que afirmou estar grávida do ex-companheiro

De acordo com a esposa, ela e o marido estão casado há um mês.

Marido leva 14 facadas após agredir esposa que afirmou estar grávida do ex-companheiro

Foto: Reprodução

Um jovem, de 18 anos, sofreu 14 golpes de faca em sua casa, no bairro Universitário, em Água Boa. Segundo informações policiais, a vítima estava discutindo e agredindo a esposa por a mesma estar grávida do ex-companheiro. Familiares da esposa teriam ouvido gritos e entrado na casa, quando o crime aconteceu. A vítima passou por cirurgia e está se recuperando. 

A Polícia Civil foi acionada por volta das 21h55. No local, havia uma equipe da Polícia Militar que atendeu a ocorrência primeiro. Os militares informaram que a vítima estava caída ao chão, com diversas perfurações de faca e que uma ambulância havia prestado os primeiros socorros e encaminhado o jovem para o Hospital Regional Paulo Alemão.

No hospital, foi informado pelo médico plantonista que a vítima foi atingida com vários golpes de faca, apresentando oito perfurações no tórax, duas no abdômen, duas no braço direito, duas no braço esquerdo, duas no braço direito, totalizando 14 perfurações de faca. O caso é investigado pela Polícia Civil.

De acordo com a PM, no hospital, a esposa disse que está casada com a vítima há um mês e que teria informado estar grávida de seu ex-companheiro, ao que a vítima teria ficado bastante nervoso e agressivo e disse que não assumiria o filho de outro, momento em que começaram os xingamentos e gritos, que atraíram a atenção de familiares da esposa, que moram por perto.

A família da esposa entrou no meio da discussão e a partir dali trocaram agressões físicas, que a mulher não soube detalhar aos militares, dizendo que o marido havia sido esfaqueado e que ela voltou correndo para dentro de casa.

Conforme boletim de ocorrência da Polícia Civil, o irmão e o ex-companheiro da mulher, de 15 e 16 anos, chegaram na residência e são suspeitos do esfaqueamento. A equipe da PM realizou rondas pelo bairro em buscas dos suspeitos, porém, até o momento, ambos não foram localizados.
 
Sitevip Internet